Header Ads

É Hoje! As expectativas para a festa de abertura das Olimpíadas Rio 2016

O país do carnaval e do samba vai produzir um espetáculo que contará a história e a identidade cultural brasileira


A olimpíada Rio 2016 começa hoje oficialmente às 20h em ponto no horário de Brasília. Muitas expectativas, surpresas, atrações e dúvidas rondam o maior evento da face da terra. O espetáculo contará com teatros, coreografias, efeitos visuais em 3D e o desfile de atletas das delegações olímpicas, que começará tradicionalmente com a Grécia, depois a ordem segue no alfabeto, e o Brasil - país sede - será o último a desfilar. A duração do espetáculo será em torno de 4h e reserva muitas surpresas para o público, além dos protocolos já conhecidos: discursos, juramentos dos atletas, hasteamento da bandeira olímpica e, claro, o acendimento da pira olímpica. 

A cerimônia de abertura olímpica é, com certeza, um dos eventos mais esperados dos jogos, e, na Rio 2016, o país do carnaval e do samba vai produzir um espetáculo que contará a história e a identidade cultural brasileira para o mundo inteiro. Realizado por Fernando Meirelles, Andrucha Waddington e Daniela Thomas, o acontecimento será transmitido para uma população global de quase 3 bilhões de pessoas. A pergunta que consiste na maior parte da expectativa criada sobre o evento é: qual Brasil, dentre tantos "Brasis" à fora, será representado hoje no estádio do Maracanã? Para Fernando Meirelles - diretor de "A Cidade de Deus"- é aí que reside o maior desafio do espetáculo, de representar toda a multiplicidade cultural brasileira.
"Demorei oito meses para aceitar o convite porque é muito difícil mostrar o Brasil. Certamente muitas pessoas não se sentirão representadas na cerimônia. Nestes buracos é que estão as minhas angústias".
 
Outra atração muito interessante e importante no cenário político mundial é a presença da delegação dos refugiados. Dez atletas estarão representando 65 milhões de refugiados ao redor do globo, em três modalidades: natação, atletismo e judô. A delegação será a penúltima a marcar presença - logo antes do Brasil - na passarela, momento este que deverá ser muito emocionante devido à importância política, histórica e social que a presença de refugiados em uma olimpíada pode representar. Momentos que só o esporte - numa sociedade tão desigual - pode proporcionar.


As vozes musicais que interpretarão o Brasil


Os artistas musicais confirmados na cerimônia são outros responsáveis por um dos maiores destaques da festa. São eles: Anitta, Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Elza Soares, Ludmilla, Gilberto Gil, Diogo Nogueira, Karol Conka, Wilson das Neves, Zeca Pagodinho, Marcelo D2 e Wesley Safadão. É notável a presença da MPB, do funk, rap, pop, samba etc confirmando o momento - talvez - de maior expressão cultural  brasileira - a urbanização, as favelas, a elite, a tropicália, a juventude e o carnaval, todos juntos em um mesmo palco. Para o povo brasileiro, deve ser não só um dos momentos mais emocionantes, mas também uma oportunidade de poder enxergar o Brasil além dos muros particulares de cada um.  
 
Elza Soares é um dos destaques da cerimônia de abertura Rio 2016
Relatadas todas as apostas, perguntas e expectativas em torno do maior evento esportivo do mundo, agora nos resta esperar e aproveitar as grandes surpresas que a Rio 2016 tem para nos proporcionar. Que nós, brasileiros, nos orgulhemos daquilo que queremos mostrar para o mundo e que não deixemos de mostrar nossa realidade dentro do possível, em 4 horas no Maracanã. De qualquer forma, é fato que o Rio de Janeiro continuará lindo como sempre.